.

..

segunda-feira, abril 17, 2006

 

Apercebi-me que alguém (recentemente?) linkou o meu blogue. Vi o url nos referrals do meu contador, e fui verificar.
É um blogue todo querido e positivo e amoroso e feminino. E cheio de amor e links para outros blogues amorosos e essas coisas.
Não que ache mal.
Mas fico curioso. Que anda alguém assim a fazer num antro de azedume e bitterness como este?
O meu conselho é que não volte cá. Pode acabar contagiada. E esta blogoesfera precisa mais de blogues de amor com estrelinhas e crianças que de tipos como eu.

domingo, abril 16, 2006

 

Bah

Não gosto quando morrem celebridades. Não gosto especialmente quando morrem pessoas, a não ser que sejam feias, mas quando são celebridades gosto ainda menos, e é mais por causa do efeito que causa do que pela pessoa preciosa que o mundo perdeu.
Porque, tal como morrem as celebridades, muitas pessoas morrem de maneiras iguais ou piores. Nunca ninguém lhes dedica um post no photoblog. Será que merecem menos por não serem jogadores de futebol ou actores nos morangos?
Se fossem manifestações sinceras, ainda percebia. Mas "estarás sempre no meu coração" e coisas parecidas, só não são completamente hipócritas porque são resultado de inconsciência e não de hipocrisia declarada.
Maior parte das pessoas não se vai lembrar disto dentro de dois dias, e seja quem for a celebridade que morra, a não ser que seja algo da magnitude da princesa Di, não vai re-aparecer nunca mais na memória de quem tanto os venera no momento em que morrem. Quanto mais no coração.
Enfim, morrem pessoas todos os dias. De vez em quando, uma dessas pessoas é um actor. Podíamos encarar isto com naturalidade, mas parece que precisamos de um Fehér now and then. Alguém que nao conhecemos de lado nenhum mas cuja morte sabemos ser a mais injusta do mundo. Alguém que não conhecemos de lado nenhum mas sabemos ser a melhor pessoa do mundo. Por ter morrido em directo, ou por ter morrido depois de aparecer tanto na TV.
Não acho que não mereçam ser notícia. Só acho que não são motivo de tanto amor rápido e pontual.
Bah.

domingo, abril 02, 2006

 

Humanidade (e Googling ³)

Andar no metro de Lisboa exige muito de mim. É preciso muito auto-controle para não estragar o dia logo no começo deste.
Onde foi a humanidade das pessoas?
Sem querer, embato contra alguém. Viro-me e peço desculpa. Espero da outra pessoa que diga "não faz mal" ou mesmo que lamente qualquer coisa, mas a pessoa não diz nada. Olha para mim mas não diz nada.
E pedir "com licença"? É assim tão desagradável, tão custoso, tão grande sacríficio desviar os joelhos para alguém passar? Ou sorrir? É doloroso?
Não há nada mais inconsciente que o ser humano. Uma pedra não é mais inconsciente que certos seres humanos, pelo facto de não podermos exigir consciência à pedra. Como já disse aqui, às vezes sinto que seria preferível que de facto os seres humanos fossem máquinas, pois isso da deprimente sensação de desperdício e mediocridade.

Enfim.
Não para chatear com mais pesquisas feitas no google por pessoas que cá vieram para acidentalmente, o facto é que maior parte das entradas são por essa via. Espanta-me, as pesquisas são fenomenais, como já demonstrei. Hoje, as keywords "frases bonitas" voltaram a trazer alguém até cá. 8 vezes. Com a mesma pesquisa exacta... Mentira! Uma das vezes dizia "frases bonitas com sentido". Seja quem for, está a tornar-se especifico, ou descobriu que a internet, além de ter muito de útil, tem muito de inútil.
Muita gente não tem a educação específica para utilizar a internet. Acredito que muito boa gente não perceba exactamente com funciona um motor de busca, daí escrever coisas como "como faço para mudar a fonte do nick do msn" (ok até podia estar à procura de um fórum) aquela das "musicas que falem sobre pessoas que gostem de se meter na vida dos outros".
Outros, porém, aprendem o conceito de keywords: "blog mamilos apertar fotos" foi uma das pesquisas que cá veio dar hoje.
Este site é uma boa fonte para um estudo interessantíssimo.
Nos headquarters do Google, têm uma sala onde num ecrã passam em modo random que passa frases pesquisadas em todo o mundo no motor de busca. Imagino o quanto eles se riem.




Edit [23:08]:
Acabada de chegar: click aqui.

Arquivos

Junho 2004   Julho 2004   Agosto 2004   Setembro 2004   Outubro 2004   Novembro 2004   Dezembro 2004   Janeiro 2005   Fevereiro 2005   Março 2005   Abril 2005   Maio 2005   Junho 2005   Julho 2005   Agosto 2005   Setembro 2005   Outubro 2005   Novembro 2005   Dezembro 2005   Janeiro 2006   Fevereiro 2006   Março 2006   Abril 2006   Maio 2006   Junho 2006   Julho 2006   Agosto 2006   Setembro 2006   Outubro 2006   Novembro 2006   Dezembro 2006   Janeiro 2007   Fevereiro 2007   Agosto 2007   Dezembro 2007   Janeiro 2008   Fevereiro 2008   Março 2008   Abril 2008   Junho 2008   Julho 2008   Agosto 2008   Janeiro 2009   Janeiro 2012  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]