.

..

sábado, abril 30, 2005

 

Volto amanhã ou segunda feira.

quinta-feira, abril 28, 2005

 

A vida anónima - cont.

E se eu morrer, descobrem-me amanhã ou depois. A vida continua embora o corpo pese num beco qualquer ou debaixo de um carro, a ser cheirado por gatos vadios, talvez mordido por cães. Mas a vida segue, as pessoas fazem todas as coisas normais e o mundo não sente a falta de ninguém.

terça-feira, abril 26, 2005

 

A Vida Anónima

Tenho o fim de semana por minha conta. Sozinho em casa, sem regras nem horários. Sem justificações para dar, sem mensagens de aviso para mandar. Sem atrasos porque também não há horas para seja o que for.
Sozinho, sem conversas impostas, sem pensamentos impostos, sem a minha própria personalidade imposta ao momento (podia fazer outro post partindo desta frase).
Volto para casa num comboio vindo não sei de onde. É bastante tarde, mas não tenho que voltar para casa. Não tenho para quem voltar nem para quê voltar. Não tenho uma hora para estar seja onde for nem para fazer seja o que for. Posso fazer o que eu quiser, ir para onde quiser. Passar a noite onde calhar, e o dia seguinte também. Totalmente livre.
E estou completamente perdido.

segunda-feira, abril 25, 2005

 

Concertos de fim-de-semana

Sábado: Gente jovem

Jamie Cullum @ Freeport, Alcochete.

Domingo: Gente maluca de todo

Rufus Wainwright @ Coliseu dos Recreios, Lisboa - e isto dos robes não foi nada.

sábado, abril 23, 2005

 

Primeiro passo para o mesmo sítio

Dizem que a auto-consciência dos nossos defeitos é o primeiro passo para a auto-correcção dos mesmos. Infelizmente, embora seja verdade, isso não significa que se avance mais. Na verdade, quando não avança, regride-se como quem nunca deu realmente o primeiro passo para além das palavras. As palavras que não valem nada.
A ver se amanhã falo do post de ontem.

sexta-feira, abril 22, 2005

 

Adaptation

Donald: I loved Sarah, charles. It was mine, that love. I owned it. Sarah didn't have the right to take it away. I can love whoever I want.
Charlie: But...she thought you were pathetic.
Donald: That was her business, not mine. You are what you love, not what loves you. That's something I figured out a long time ago.

Image Hosted by ImageShack.us

terça-feira, abril 19, 2005

 

Vergílio Ferreira Revisited

"Há uma barulheira infernal no mundo, queria entender uma palavra."

Invejo toda a obra dele.

segunda-feira, abril 18, 2005

 

Vaguear em Deus

Às vezes há um medo de não suportar a verdade da vida. Um medo na profundidade de nós que é a profundidade do que já não reconhecemos e nos é invisível. E então acreditamos em Deus.

domingo, abril 17, 2005

 

Maior parte das pessoas está sempre, sempre, sempre a pensar no seu telemóvel. Onde quer que eu vá, eu apanho sempre aqueles que, apesar disso, se esquecem sempre, sempre, sempre de o desligar no cinema.

sábado, abril 16, 2005

 

Geração rasca

às 4.30 da manhã numa disco fashion, uma rapariga fala ao telefone com a mãe que lhe telefonou. E diz-lhe "Só quis ficar mais um bocadinho! São 4.30 da manhã, pelamor de Deus!".
Uau. Chegámos àquele momento, àquele estado, àquela geração em que 4.30 da manhã é uma hora "pelamor de Deus".

quinta-feira, abril 14, 2005

 

Efeitos da má memória: um estudo contínuo

Maior parte das vezes esqueço-me daquele assunto que quero referir no blogue há vários dias. Então chego aqui e escrevo uma merda qualquer sobre má memória.

terça-feira, abril 12, 2005

 

Kit de comentar fotografia amadora para quem não percebe nem quer perceber muito de fotografia, mas quer dar a perceber que percebe bués daquilo.

Articular expressões como "cores equilibradas", elogiar a "iluminação", "focagem", "exposição", e especialmente a "composição". Não interessa se não se sabe exactamente o que significam estas palavras.
Também não fica mal mostrar agrado pela foto em geral, sem referir temor específicos. Porém, ainda requer uma terminologia própria do campo da fotografia amadora. Bons exemplos: "Bom registo", "grande momento", "muito bem captado", e o clássico e simples "Muito bom, gostei".
E com isto já dá para dominar o nível 1.

domingo, abril 10, 2005

 

"Get a life!".
Claro, assim que bater o meu recorde no Solitaire, outra vez.

 

Os óculos do Imperador

Se alguém vir estes óculos à venda, diga-me onde, sff. Porque eu vou lá a correr e compro-os.


D'O Último Imperador, espero que isto não seja ilegal.
Originalmente, as lentes tinham um tom roxo.

sábado, abril 09, 2005

 

Pragas - estudantes ansioso de medicina.

Dentro da categoria Jovens, há uma sub-praga que são os estudantes de medicina. Ou qualquer outra área evidente da saúde, como enfermagem. São os únicos alunos do ensino superior nacional que insistem em, em todas as hipóteses, por mais pequenas que sejam, mostrar que sabem mais que os outros na área. É uma doença, não aguentam!! É espontâneo, automático, involuntário, aquilo sai-lhes pela boca antes que eles possam controlar!
Então fui ver o Million Dollar Baby há uns tempos atrás, e duas miúdas não se calavam:
"Ah, aquilo é uma gangrena..."
"Isto que ele disse eram vértebras do pescoço..."
Porque é que não param para pensar que às vezes é completamente desnecessário, despropositado? E que não interessa a ninguém? E que o cinema e um filme dramático não são propriamente o ambiente para esse tipo de exibicionismo?

Bom, eu não sou um bom exemplo para estar a apontar isto. É verdade que não ando a impingir publicamente o que aprendo no curso... mas também ainda não aprendi lá nada. Não sei, às vezes também pode ser disso.

sexta-feira, abril 08, 2005

 

Pudintina?

Ok, e como é que chamam a isto?



Gelatim? Pudintina?
E como raio é que ficam colados?

quinta-feira, abril 07, 2005

 

Entomófa-quantas?

Um dia escrevi:
Hoje sinto-me muito procelariforme. E ligeiramente entomófago, também.
Não sei o que nenhuma das palavras quer dizer portanto aplicam-se perfeitamente.
E hoje, alguém me deu o significado destas palavras.
"Entomófago não preciso ir ver. Como o nome diz, são criaturas que se alimentam de insectos."
Há por aí pessoas que realmente sabem estas coisas!! É HORRÍVEL!

 

Quando acordo

Um dia disse que quando acordo tenho cara de amendoim. O que é falso. Quando acordo tenho cara de pistacchio.

terça-feira, abril 05, 2005

 

Lidar

Lidar com o arrependimento. É uma questão de usar o pensamento, a razão, como ferramenta. Para deixarmos de nos arrepender de qualquer coisa. É quase sempre possível encontrar uma sequência de argumentos que tornem aquele evento de que nos arrependemos dolorosamente, num evento do tipo "ainda bem que aconteceu". É preciso é dar a volta, uma grande volta nalguns casos.
Maior parte das pessoas gosta da situação onde está. Algumas gostam só para não terem o desgosto de não gostar, mas isso não interessa. A essas pessoas, é só dizer que se as coisas não se tivessem passado exactamente como se passaram até então, elas não estariam onde estão.
Estariam possivelmente num sítio melhor
Continuando,
Os outros, que não gostam do ponto onde estão, pensem de formas originais até gostarem. A vida não é boa ou má só por si. Felicidade e infelicidade podem ser perspectivados.

segunda-feira, abril 04, 2005

 

SMS insulto.

Devia ter vendido a minha ideia. Fizeram mesmo o SMS insulto. Frequentemente na SicComédia.

domingo, abril 03, 2005

 

Ontem



Terrim. Evitem as piadas a imitar o som do telefone sff.

 

Silêncio

Actualizado, e agora sem a barra do Blogger no topo.

sábado, abril 02, 2005

 

Writers

Na música, muitos dos artistas que gosto são também simples e bons escritores/poetas (ando numa de música agora):

I roll the window down and then begin to breathe in
the darkest country road and the strong scent of evergreen
from the passenger seat as you are driving me home
Then looking upwards I strained my eyes and try to
tell the difference between shooting stars and satellites
from the passenger seat as you are driving me home
Do they collide? I ask and you smile.
With my feet on the dash, the world doesn't matter.
When you feel embarrassed then I'll be your pride
When you need directions then I'll be the guide for all time
for all time...


Death Cab For Cutie . Passenger Seat



"The lonely road you choose to travel on, it must seem awfully long.
Innocence all gone,
It must be wrong to hide your lovely face away.
That music you play, I'm not saying it's bad, it just seems terribly sad.
Is everything all right?
I'd like to think you'd tell me if something was wrong?.

Well her clothes are blacker than the blackest cloth
And her face is whiter than the snows of Hoth.
She wears Dr. Martens and a heavy cross,
But on the inside she's a happy goth.


The Divine Comedy . The Happy Goth


Eu sei quando falo, é sempre dos mesmos. Mas é porque os acho realmente geniais.

Arquivos

Junho 2004   Julho 2004   Agosto 2004   Setembro 2004   Outubro 2004   Novembro 2004   Dezembro 2004   Janeiro 2005   Fevereiro 2005   Março 2005   Abril 2005   Maio 2005   Junho 2005   Julho 2005   Agosto 2005   Setembro 2005   Outubro 2005   Novembro 2005   Dezembro 2005   Janeiro 2006   Fevereiro 2006   Março 2006   Abril 2006   Maio 2006   Junho 2006   Julho 2006   Agosto 2006   Setembro 2006   Outubro 2006   Novembro 2006   Dezembro 2006   Janeiro 2007   Fevereiro 2007   Agosto 2007   Dezembro 2007   Janeiro 2008   Fevereiro 2008   Março 2008   Abril 2008   Junho 2008   Julho 2008   Agosto 2008   Janeiro 2009   Janeiro 2012  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]