.

..

domingo, junho 26, 2005

 

1 ano de vida anónima - retrospectiva

É divertido re-ler, já disse isto. Como faz hoje exactamente um ano desde a publicação do primeiro post, decidi re-ler todo o blogue desde esse mesmo primeiro post.
Antes de mais, deu para confirmar alguns dos estudos sobre a minha memória. Gostei também de ver que não há nenhum texto com o qual agora discorde completamente. Isto, porém, não é sinal de coerência: há textos que se contradizem muito entre si, não faltam opiniões opostas. Quando digo que não discordo de nada do que escrevi durante um ano, significa também que continuo a ter todas as opiniões contrárias que escrevi. Tanto adoro o mundo como o detesto. Todos os dias.
Não discordando de nada, há ainda certas coisas com que concordo ainda mais. Quase sempre coisas que ninguém ligou muito porque as pessoas serão sempre pessoas. De outras coisas, estou consideravelmente mais convicto do que estava quando as escrevi. Mas cada vez mais. Afinal, há sempre coisas que existem acima da linha do tempo, onde os dias repousam. Certos momentos parecem invadir-nos durante toda a vida.
Muito giro é também ver como, embora separados pelo tempo, muitos textos se cruzam. Mais do que qualquer texto isolado, esses conjuntos, para os mais atentos, são pistas de quem somos.
A 25 de Janeiro uma amiga minha fez anos e eu criei o blog Silêncio. Estes dois eventos não se relacionam de outro modo para além da data comum.
Há vários posts favoritos. Alguns porque me fazem rir, outros achei-os simplesmente... originais. Outros foram confissões coerentes e sinceras. Outros foram ainda mais sinceros, e era capaz de os publicar repetidamente durante dias e dias... ou por no topo do blogue como cartão de visita.
É divertido re-ler. Tirando isso, não há qualquer importância no dia em que o blogue faz um ano. Não me arrepender de nada do que escrevi pode tanto ser bom como mau. Afinal, lamentarmos o passado é muitas vezes um sinal de evolução.
Mais uma vez, não sei como acabar um post. Portanto acaba assim.

Comentários:
Então o Silêncio sempre é teu... Muitos parabéns, gosto de o ler.
 
adoro este teu cantinho bem como o "Silêncio" e estou muito contente por te ter encontrado e poder acompanhar-te nesta tua vida anónima, que a continues e eu dela possa "partilhar".*
 
Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial

Arquivos

Junho 2004   Julho 2004   Agosto 2004   Setembro 2004   Outubro 2004   Novembro 2004   Dezembro 2004   Janeiro 2005   Fevereiro 2005   Março 2005   Abril 2005   Maio 2005   Junho 2005   Julho 2005   Agosto 2005   Setembro 2005   Outubro 2005   Novembro 2005   Dezembro 2005   Janeiro 2006   Fevereiro 2006   Março 2006   Abril 2006   Maio 2006   Junho 2006   Julho 2006   Agosto 2006   Setembro 2006   Outubro 2006   Novembro 2006   Dezembro 2006   Janeiro 2007   Fevereiro 2007   Agosto 2007   Dezembro 2007   Janeiro 2008   Fevereiro 2008   Março 2008   Abril 2008   Junho 2008   Julho 2008   Agosto 2008   Janeiro 2009   Janeiro 2012  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]