.

..

terça-feira, setembro 20, 2005

 

anti

Não sei o que tu és nem o que chamam às pessoas como tu. Se és dread ou alternativo, pouco me interessa. Deves achar que essa correntezinha presa à cintura tem alguma piada. Nem acredito que não te sentes ridículo pela manhã, não deves estar sóbrio porque ninguém faz esse penteado conscientemente. Ao pé dos meus ténis, vejo os teus, ténis da moda quase enterrados nas calças. Oh és tão fixe. És o maior, és melhor que os outros, vai para o caralho, isso para mim não é nada. És um monte de esterco como toda a gente. Esse cinto com picos e o caralho, é o máximo. És muita mau, a tua t-shirt de slipknot mete medo. Não se vê mesmo que eu, aqui sentado à tua frente no metro, vou a pensar "Huu este gajo é mesmo mau". O que é que pretendes com essa merda que tu chamas estilo, ó cabrão? Achas que isso tem algum valor? É assim que vais longe na vida, com essa pulseirinha de merda do heavy metal, com picos e o caralho? Digo-te outra vez, és uma granda merda como todos os outros, não penses que és melhor porque somos todos uns filhos da puta. Tu, eu, a tua mãe e essa gaja aí ao teu lado. Vais a falar com ela dos mesmos temas que todos os tipos como tu falam a tipas como ela. Não tens mais nada aí dentro, só bocas foleiras e assuntos batidos, frases repetidas. Fala mal dos Morangos com Açucar mas quando chegas a casa se calhar até vais ver. Hipócrita de merda. Tu só percebes é de benfica e de bandas pesadas e até tens uma banda quase de certeza, deves ser o vocalista e dás uns berros e achas mesmo que um dia vais fazer uma maquete e conseguir um contrato com uma editora. Pá vê lá mas é se cresces e te deixas dessa merda e arranjas uma roupa de pessoa a sério e sonhos de gente e falas de gente.
E a tua amiga, foda-se não me faças falar dela. Agora é moda ser frique. Aposto que é comunista e que acha que a prisão é uma forma de opressão. Se calhar até acha que devíamos viver com senhas de comida como em Cuba. Que estúpida, foda-se! Não é que a queira estereotipar, mas ela tá a pedí-las: veste-se com as cores todas do espectro visível e ainda o infra vermelho, chapéu de malha tipo arco-irís, mala do Jah e da ganza e toda cor da jamaica, cabra de merda, nem sequer lá foi nem sabe nada sobre o que é andar com aquelas cores. Yah yah eu também não sei e é por isso que não tenho essa merda de mala. Tenho uma eastpack como todos os clones tinham nos meus anos de secundária. E até diz "Arrest me, I'm a skateboarder" porque sim, ando de skate e estranhamente não fumo ganza. Devo ter a mania que sou diferente também, que sou puro e essa merda porque nunca fumei nem nunca experimente tabaco sequer. Como se a pureza tivesse alguma coisa a ver com isso. Por dentro tou mais queimado que os pulmões desses comunas setubalenses que combinam ir pá relva do parque do Bonfim declamar poemas de tom revolucionário e depois passam a tarde a fumar ganzas. Também és dessas? Tens a mania da revolução, 24 d'Abril? Vê lá se também acordas. E deixas de usar essas calças de pano largo, parece um pijama, e deixas de cozer essa estrelas e luas foleiras. Queres ser diferente? Olha foda-se MATA-TE! E já agora leva o teu amigo! Olha e já agora leva-me a mim também porque eu duvido que tivesse coragem se tentasse.
Metes nojo, compras uns all-star e pinta-los de cor de rosa com spray, estampas mais estrelas e arco íris e achas que és diferente dos outros. Yah és, és tão diferente como todos os outros que tentaram ser diferentes exactamente do mesmo modo que tu. Tens bancos disponíveis mas sentas-te no chão, és mesmo parvalhona.
E quem é essa mais nova que anda sempre atrás de vocês? Ah é a irmã dele, claro, já se veste de preto com botas e o caralho, acha-se toda gótica, vai pa casa ouvir evanescence e cortar os pulsos e fazer disso um post no deviant art com uns efeitos foleiros e uma imagem que inclui pulsos, ketchup a fazer de sangue, tesoura e uma banheira. Lá porque ouve Linkin Park pensa que é da moda e acha que tá com uma depressão. Foda-se burra de merda, sobre depressão não sabes tu um cú! Pelo menos andas distraída com tudo o que a vida faz para te distraír e não sabes o que a vida é. Aí sim, tavas deprimida. Vai pa casa, sim, que tu tens casa com uma mãe que te faz o jantar e tens um tecto pa não morreres de frio. Para a próxima, em vez de gastares dinheiro em maquilhagem branca que te faz parecer um cadáver que flutuou 3 dias no pacífico, manda o dinheiro para uma instituição de caridade. Vê lá se esses putos esfomeados dos países de 3º mundo não têm mais que tu o direito de dizer que têm uma depressão. Foda-se pa essas tias que ficam todas fodidas porque já têm carta mas não têm carro. Metam isso no cú! Olhem pa vocês, ficavam felizes com um carro! Acham isso humilde? Há pessoas no mundo que ficavam a rebentar de felizes se lhes desses uma bicicleta porque nunca sonharam mais que isso e isso é o topo dos desejos deles. Outros até ficavam felizes com um triciclo, olha! outros até com um pão!!! Mas tu tás toda fodida porque não tens um carro. Apá fode-te, e fode-te com força e com qualquer coisa grande, tipo um poste que te entre pelo cú e só saia pela boca.
Vais dizer-me alguma coisa de volta? Vais apontar os mesmos defeitos em mim? Caga nisso, poupo-te já o trabalho. Tenho coisas caras sim, skate topo de gama, monitor TFT, ipod e sei lá mais o quê. Por acaso nem tenho muitos exemplos de capitalismo porque até não esbanjo assim tanto. Mas olha que já me sinto mal com tudo o que tenho. Tenho casa, aquecimento, conforto, educação, e fode-me a cabeça pensar que gostava de ter um piano digital de 300 contos. E fode-me ainda mais a cabeça reparar que não consigo deixar de querer essa merda de piano. É o quanto já estou metido na merda até à cabeça. Se há alguém que não precisa de dinheiro é quem já o tem. Os coldplay viviam com menos 30 euros, e o Yann Tiersen também não ia sentir a falta de 7 contos. Mas eu feito estúpido, dei esses dinheiros para ir ver esses tipos.
Se vais falar da roupa que visto, poupa-me. Deve ser a única coisa que não podes apontar durante muito tempo. Tenho t-shirts de marca sim, mas 80% delas compro aos packs de 3 no jumbo a 4.5 euros. Não têm marca e duram pouco tempo mas olha, acho que por mais puto estúpido que seja, ao menos já cresci o suficiente para não ter que me afirmar com marcas estampadas no peito.
Pá vai à merda. Não é que eu seja melhor que tu, mas tu também não és melhor que eu. És como todos, mereces morrer na mesma proporção que a humanidade inteira. E só por isso não devias dar-te ao trabalho de vestir o sapatinho da moda e ouvir a banda que todos gostam. Também não sei o que é que devias ser, se calhar devias ser o que queres ser e é por isso que és assim. Dread ou frique ou gótico ou betinho.
Olha sê como quiseres, que eu aprendo a tolerar. Nem que tenha que começar pelo lado mais negativo.

Comentários:
não te sabia tão... anti?!hum...a ver se te vejo na cp.
 
fátasse!
 
assustei-me com o tamanho do post, mas como todos os teus posts enormes, valeu a pena. fazes me lembrar algo que vi num filme qualquer um dia destes, era alguém que se dizia melhor que os outros porque dizia o que pensava, tipo tu, agora. as manhãs de metro conseguem sempre ser tão... tão.

como estás, haven't seen you since sudoeste. :)
 
Belo desabafo. Mas enfim. No fundo todos somos uma bela merda.
 
Após umas boas gargalhadas e não só, digo-te este texto está excelente. e já agora que se fodam estes gajos que vêm aqui deixar comentários. certo?
 
no fundo somos todos iguais, por isso nada a apontar ...
 
"Tens bancos disponíveis mas sentas-te no chão, és mesmo parvalhona."

teve piada... fez-me rir e tal.

a juventude burguesa não é melhor que o proletariado alemão que o Marx tanto se esmerou para despertar para uma consciencia de classe, que embora embrutecida e deselegante n deixava de ser mais realista. o pequeno burgues e as suas manias são as vestes da pseudo liberdade intelectual que todos podemos comprar em troca d uma boa dose de escravatura acefala, é sempre assim, mas até sabe bem. Tenho uma camisa da levis, e ligo a luz todos os dias. Os pobres do terceiro mundo fazem-me pena, mas basta mudar de canal.

falas bem, quer dizer mal, mas então que propões?

um skate?

hehe, realmente és tb um belo balde de merda, junta-te ao clube!

ou então juntate a minha religião zukkockiana.
 
Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial

Arquivos

Junho 2004   Julho 2004   Agosto 2004   Setembro 2004   Outubro 2004   Novembro 2004   Dezembro 2004   Janeiro 2005   Fevereiro 2005   Março 2005   Abril 2005   Maio 2005   Junho 2005   Julho 2005   Agosto 2005   Setembro 2005   Outubro 2005   Novembro 2005   Dezembro 2005   Janeiro 2006   Fevereiro 2006   Março 2006   Abril 2006   Maio 2006   Junho 2006   Julho 2006   Agosto 2006   Setembro 2006   Outubro 2006   Novembro 2006   Dezembro 2006   Janeiro 2007   Fevereiro 2007   Agosto 2007   Dezembro 2007   Janeiro 2008   Fevereiro 2008   Março 2008   Abril 2008   Junho 2008   Julho 2008   Agosto 2008   Janeiro 2009   Janeiro 2012  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]