.

..

domingo, julho 18, 2004

 

Máquina de depressões

"Eu sou as minhas recordações, e portanto, o que não recordo não sou eu."

Quando era criança, arrastava as torradas ao longo de todo o chão da cozinha. Seguidamente, não hesitava em comê-las. Recordo isto com ternura, a ternura com que recordo provavelmente toda a minha infância que ainda não se perdeu no desgaste da memória. Para além disso, é a mesma ternura que nutro por toda a infância que já não consigo recordar. Igualmente, não só tenho saudades de toda a infância que recordo como tenho saudades daquela que não recordo. Tenho saudades da infância, ponto final.

Cresci, entretanto. Porém, não sei se crescer é um sinónimo de mudar ou se de alguma forma o primeiro conceito implica o segundo. Não sei se nalgum momento deixámos de ser crianças. Olho para mim e sei que não. Lembro-me das torradas no chão da cozinha, reconheço que ainda o sou. Reprimido, sim. Preso, sim. Com o mesmo impulso, sim. Diferente? Não. Mas olho à volta e parece-me que sim, que as pessoas crescem e que algures nesse processo elas mudam. Algures nesse processo, cedem ao enterro cruel de uma criança viva, amputam de si as leis que num contexto foram livres e agora seriam loucas. Isto de facto acontece. A prova é eu, face a esta situação, após ter escrito isto, sentir que talvez o mundo não funcionasse de outro modo.

...

Comentários: Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial

Arquivos

Junho 2004   Julho 2004   Agosto 2004   Setembro 2004   Outubro 2004   Novembro 2004   Dezembro 2004   Janeiro 2005   Fevereiro 2005   Março 2005   Abril 2005   Maio 2005   Junho 2005   Julho 2005   Agosto 2005   Setembro 2005   Outubro 2005   Novembro 2005   Dezembro 2005   Janeiro 2006   Fevereiro 2006   Março 2006   Abril 2006   Maio 2006   Junho 2006   Julho 2006   Agosto 2006   Setembro 2006   Outubro 2006   Novembro 2006   Dezembro 2006   Janeiro 2007   Fevereiro 2007   Agosto 2007   Dezembro 2007   Janeiro 2008   Fevereiro 2008   Março 2008   Abril 2008   Junho 2008   Julho 2008   Agosto 2008   Janeiro 2009   Janeiro 2012  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]